Jornal do Almoço – 10 JAN 2019

Jornal do Almoço é programa do Grupo RBS (GLOBO) de maior audiência no Rio Grande do Sul.

Assista no link.

Anúncios

The Beatles No Acordeon na mídia

Projeto do músico Diego Dias, da banda Vera Loca, faz releitura instrumental de clássicos dos fab four no Sgt Peppers em duas datas.

24931598

Show registrado no Cavern Club, em Liverpool, vai sair em DVD em breve. Foto: Tutu Fagundes / Divulgação

Quando Diego Dias nasceu, seu pai tinha um sonho: que o filho se tornasse gaiteiro dos Serranos. Acordeonista amador em Tupanciretã, Alciomar Dias queria ver o menino viajando pelo sul do Brasil embalado pelo instrumento. O jovem cresceu, trocou o regionalismo pelo rock, mas parte do sonho do pai foi realizado: é o ronco da cordeona que impulsiona Diego a viajar cada vez mais longe.

Conhecido na cena roqueira local como tecladista da banda Vera Loca, o músico lançou há cinco anos o projeto The Beatles no Acordeon, em que interpreta temas conhecidos dos fab four. O show ampliou sua visibilidade depois de fazer parte da programação da International Beatle Week Festival, em Liverpool, na Inglaterra, a convite de Julia Baird, irmã de John Lennon. O projeto está prestes a ser lembrado em DVD, e agora Diego quer conquistar o Brasil.

Antes de partir em turnê por Santa Catarina e Paraná, The Beatles no Acordeon poderá ser visto em duas datas: nesta quinta-feira (10/1) e dia 24 de janeiro, às 21h, no Sgt Peppers (Rua Quintino Bocaiúva, 256), com ingressos a R$ 30. Serão os primeiros shows na Capital depois do maior conquista do projeto até agora, a excursão britânica em agosto do ano passado.

A Beatle Week reúne todos os anos em Liverpool dezenas de bandas e milhares de fãs dos Beatles. Em 2018, foram 70 grupos, vindo de 40 países. O evento é organizado por Julia Baird para o Cavern Club, bar conhecido como marco inicial do famoso quarteto. Ali, os convidados têm oportunidade de tocar no mesmo palco em que seus ídolos fizeram história.

– Foram 11 shows em sete dias. A gente foi criando um público. As pessoas achavam inusitada nossa formação. É claro que o acordeom é um instrumento muito conhecido na Europa, mas aqui no Estado tem um sotaque diferente. Além disso, a banda que me acompanha tem uma pegada roqueira – conta Diego.

O músico é acompanhado por Diogo Farina (violão), Cassiano Farina (baixo) e Robledo Rock (bateria). Como o acordeom tem uma ampla gama de recursos sonoros, como diferentes timbres e sustentação de notas, o grupo consegue executar de maneira expressiva clássicos dos Beatles com arranjos mais complexos e delicados, elemento que cativou os britânicos.

– A maior parte dos grupos era inspirada na primeira fase dos Beatles, então era muito comum ouvir She Loves You ou I Want to Hold Your Hand, por exemplo, mas quase ninguém tocava Hey Jude ou Let it Be, pois fica difícil reproduzir canções assim em um formato de guitarra, baixo e bateria. Acho que isso ajudou a fazer as pessoas voltarem muitas vezes ao nosso show – avalia Diego.

No final da Beatle Week, o grupo estava tão à vontade que resolveu registrar a performance para um DVD, que deve ser lançado nos próximos meses, e até ousou quebrar o protocolo: em homenagem ao folclorista Paixão Côrtes, que morreu no dia de uma das apresentações, Diego tocou no mítico palco o clássico regionalista Milonga para as Missões.

– Foi um dos pontos altos. O público adorou – lembra Diego.

Depois de conquistar os britânicos, o gaiteiro tem um objetivo claro: cativar as plateias do Brasil. O show tem uma boa circulação pelo Rio Grande do Sul mas só saiu uma vez do Estado, para visitar Joinville. Em março, o plano é voltar a Santa Catarina e também fazer apresentações em Curitiba.

– Lotamos o show em Joinville e voltaremos agora. Isso demonstra que o show é universal e tem potencial para conquistar outros Estados – diz Diego.

The Beatles no Acordeon também surpreende por conquistar o público tocando apenas temas instrumentais. Não é raro, no entanto, que a plateia cante junto as melodias do repertório, montado para abranger todas as fases do quarteto britânico. Além disso, há canções das carreiras solo de John Lennon (Imagine) e Paul McCartney (Live and Let Die).

Não deixa de ser inusitado que elementos como o rock e o acordeom estejam unidos no palco, já que os Beatles são considerados grandes responsáveis pela perda da popularidade do instrumento no mundo – depois que a banda se tornou mania, muitos jovens deixaram o acordeom de lado para aderir ao violão ou à guitarra.

– A gaita é um símbolo da cultura gaúcha, e as melodias do Beatles são conhecidas por todos. Ou seja, juntei duas coisas que são praticamente unanimidades – conclui Diego.

Fonte: Jornal Zero Hora (Grupo RBS | GLOBO)

 

Integrante da banda Vera Loca faz show com músicas dos Beatles em Santa Maria

Diego Dias sobe ao palco no Colégio Marista na próxima quarta-feira.

imagens_15450413966530

Depois de um 2018 brilhante, com direito à viagem a Liverpool, Diego retorna a Santa Maria para concluir a turnê de Beatles. Foto: Divulgação

O acordeonista Diego Dias retorna a Santa Maria para apresentar o show Beatles no Acordeon. Diego sobe ao palco do Auditório do Colégio Marista, quarta-feira, às 21h. O músico nascido em Tupanciretã, mas santa-mariense de coração, embarcou em agosto para Liverpool, na Inglaterra, para participar do International Beatles Week, maior festival em homenagem aos The Beatles do mundo.

Segundo ele, muito dessa energia será levada ao auditório do Marista, neste, que será o último show deste ano. Na banda, o artista estará acompanhado dos mesmos músicos que o acompanharam em Liverpool Diogo Farina (violão), Cassiano Farina (contrabaixo) e Robledo Rock (bateria).

– 2018 foi o melhor ano da minha vida musical, desde quando comecei, aos 6 anos. Essa ida para Liverpool nos deu um reconhecimento maior. E, não por acaso, estarei encerrando esse ano em Santa Maria. Tenho uma grande ligação afetiva com a cidade – enfatiza o músico.

No repertório, uma viagem por todas as fases dos Beatles e também composições da carreira solo deles.

Diego era acordeonista da banda Vera Loca, que anunciou uma pausa em outubro.

– A pausa na Vera Loca está diretamente ligada a esse momento especial que estou vivendo. Resolvemos que era hora de ter um tempo para nos dedicarmos aos nossos projetos pessoais – explica Diego.

Fonte: Jornal Diário de Santa Maria

The Beatles no Acordeon planeja novos voos após Liverpool

Entre setembro e outubro, quarteto da Serra já tem sete shows confirmados.

24667975

Participação no evento anual que celebra a mítica banda de rock animou os músicos Cassiano, Robledo, Diego e Diogo. Foto: Leandro Tutchenhagen / Divulgação

Sete dias e 11 shows depois, a rapaziada do projeto The Beatles no Acordeon voltou ao Brasil revigorada pela participação na Beatle Week, evento anual que celebra a mítica banda de rock na cidade onde tudo começou, Liverpool, na Inglaterra. Mais do que pisar pelas mesmas ruas e conhecer as casas onde nasceram e cresceram John, Paul, Ringo e George, o quarteto formado pelo veranense Diego Dias (acordeon), os nova-pratenses Diogo Farina (violão) e Cassiano Farina (baixo), e pelo caxiense Robledo Rock (bateria), subiu ao mesmo palco onde soaram os primeiros acordes do Fab Four, no Cavern Club.

– Vivemos histórias que certamente dariam um livro, mas sem dúvida uma das mais engraçadas foi quando estávamos bem tranquilos no camarim do Cavern, esperando a hora do show, quando nos demos conta de que aquele era o camarim onde o Paul McCartney havia estado não fazia nem um mês. Aí começamos a gritar loucamente – recorda Diego.

Em meio a 70 atrações de diversos países, que se apresentaram não apenas no clube, mas também em outros palcos espalhados por toda a cidade, o baixista Cassiano conta que o projeto chamou a atenção por ter à frente um instrumento inusitado para uma banda roqueira, mas sem deixar de ter a mesma pegada.

– A maioria das bandas prioriza ser uma cópia o mais fiel possível. Até por isso, já imaginávamos que, por ser instrumental e ter um acordeon, provocaríamos alguma reação diferente. Mas o que nos surpreendeu foi ver que pessoas do mundo inteiro passaram a seguir os nossos shows, indo a vários deles por onde passávamos. Por conta dessa reação do público, que também foi percebida pelos organizadores, estamos com uma expectativa muito grande de voltar no ano que vem – comenta o baixista.

De volta ao Brasil, é hora de colher os frutos. Entre setembro e outubro, já são sete datas confirmadas em seis cidades, duas delas na Serra: Farroupilha (próximo dia 22) e Bento Gonçalves (próximo dia 29).

– Fomos para lá também pensando nisso. É lindo estar fazendo história na terra dos Beatles, mas o que buscamos mesmo é o reconhecimento da nossa terra, e parece que as pessoas estão se dando conta de que o que estamos fazendo é muito especial e ficará para sempre.

Quem quiser saber todos os detalhes sobre a mini turnê dos rapazes em Liverpool terá a oportunidade, porém terá de esperar. Um documentário sobre a viagem está sendo preparado, porém ainda sem data de lançamento.

Antes de embarcar para Liverpool, o quarteto da Serra esteve na redação do Pioneiro, onde participou de uma Live no Facebook. Confira:

Diferentes
Além do The Beatles no Acordeon, havia apenas mais um projeto instrumental no Beatle Week, também brasileiro. O mineiro Renato Caetano levou um show de viola caipira para a Inglaterra.

Fonte: Jornal O Pioneiro

VÍDEO: Diego Dias apresentará ‘Beatles ao acordeon’ em Liverpool

Na segunda-feira ele embarca para o maior festival de Beatles do mundo.

imagens_15450413966530

Foto: Divulgação

Quem é fã de The Beatles sonha em um dia ir até Liverpool, na Inglaterra, onde eles começaram sua carreira musical. E a International Beatle Week, o maior festival de música onde apenas as obras do quarteto são tocadas, reúne fãs e músicos do mundo inteiro. Durante a semana de festival, são horas e horas de shows por dia com as bandas selecionadas e convidadas sobem aos palcos da cidade para se apresentar, uma espécie de convenção onde o tema é The Beatles.

O tecladista da banda Vera Loca, Diego Dias, que há cerca de quatro anos também toca com o projeto “The Beatles ao Acordeon”, estará na terra dos Fab Four para apresentar as músicas da forma que o próprio projeto diz no nome: no acordeon. Mas além de ir até a Inglaterra e tocar no festival, Diego, que é nascido em Tupanciretã, recebeu o convite da irmã de John Lennon, que deixa a ida ainda mais especial.

Na segunda-feira ele embarca rumo a terra dos reis do iê iê iê. Ele vai tocar ao lado de Robledo Rock, Diogo Farina e Cassiano Farina que integram a banda Black Birds, da Serra Gaúcha, (mesmo nome de uma das canções do quarteto britânico) em 11 shows. O show passou por Santa Maria na Feira do Livro deste ano.

Fonte: Jornal Diário de Santa Maria

3por4: The Beatles no Acordeon prepara incursão pelo The Cavern Club, em Liverpool

O convite partiu da própria equipe do bar, famoso por impulsionar o fab four da pequena cidade natal para o mundo.

24044876

Foto: Diego Dias / Divulgação

Um clássico do palco do Mississippi Delta Blues Bar, o projeto The Beatles no Acordeon prepara uma incursão pelo histórico The Cavern Club, em Liverpool. O convite partiu da própria equipe do bar, famoso por impulsionar o fab four da pequena cidade natal para o mundo. Júlia Baird, irmã de John Lennon, e Bill Heckle, diretor do The Cavern, estiveram na Serra durante a São Chico Beatle Weekend e impressionaram-se com o trabalho do instrumentista gaúcho Diego Dias (também tecladista da banda de rock Vera Loca).

O acordeonista deve rumar para Liverpool para participar da tradicional Beatle Week, de 22 a 28 de agosto. A iniciativa reúne artistas do mundo todo que prestam homenagens ao quarteto mais famoso da música. Dias vai acompanhado da trupe serrana com quem divide o palco, os igualmente beatlemaníacos Diogo Farina (guitarra), Cassiano Farina (baixo) e Robledo Rock (bateria), atrás lado dele na foto abaixo.

– É a realização de um sonho. Ir viajar para conhecer Liverpool já seria o máximo, mas ir para fazer shows durante sete dias e ainda tocar no lendário The Cavern Club é algo muito grandioso. É uma conquista para a música do nosso Estado – comemora Dias.

Fonte: Jornal O Pioneiro

The Beatles no Acordeon e Sonhos de uma Noite de Verão

Serão dois shows numa única noite. “Sonhos de Uma Noite de Verão” com a dupla “Panta e Veco”, mostra uma seleção de hits das décadas de 60 e 70. Releituras acústicas para Elvis Presley, Cat Stevens, Elton John, Bob Dylan, Neil Young e muitos outros, com Veco Marques (um dos guitarristas do Nenhum de Nós) e o cantor Panta. Em “The Beatles no Acordeon”, Diego Dias (músico da banda Vera Loca), reproduz em versões instrumentais para seu acordeón, sucessos de várias fases do quarteto de Liverpool.


FICHA TÉCNICA

Músicos: Veco Marques (guitarra), Diego Dias (teclado e gaita) e Panta (vocal)
Acompanhamento: Cassiano Farina (baixo), Clark Carballo (bateria) e Diogo Farina (violão)


LOCAL

Theatro São Pedro – Palco Principal

Praça Mal. Deodoro, s/n
Centro – Porto Alegre – RS

ver google maps

Telefone (de segunda a domingo das 9h às 21h)
(51) 2626-1310


INGRESSOS

Plateia e cadeiras extras
R$ 60,00 inteira
R$ 30,00 meia

Camarotes Centrais
R$ 50,00 inteira
R$ 25,00 meia

Camarotes Laterais
R$ 40,00 inteira
R$ 20,00 meia

Galeria
R$ 20,00 inteira
R$ 10,00 meia


DESCONTOS

50% para associados da AATSP (ingressos limitados)
50% para idosos e estudantes


COMPRE AQUI.